05/10/09

RUNNING WILD (Ger) - Gates To Purgatory - 1984

Dentre tantas bandas alemãs que estouraram na década de 80, o Running Wild foi uma das mais importantes e lançou um dos melhores discos da história metálica. “Gates To Purgatory”, este fantástico álbum, é uma mistura perfeita do mais direto, vigoroso e puro heavy/power, com riffs excelentes, solos precisos, cozinha segura e grandes refrãos. E quanto as letras, elas apresentam um conteúdo bem agressivo, com referências demoníacas e religião, mas com um conceito político, mais tarde, em meados dos anos 80 como já sabem, a banda iría centrar seus temas sobre os piratas. Desde a faixa inicial “Victims Of States Power”, uma das mais destruidoras do álbum, passando por mais nove músicas, o disco todo não perde o pique e mantém a qualidade do mais foderoso som pesado e empolgante, faixa após faixa. Sem exageros, “Gates To Purgatory” é digno dos maiores elogios, indiscutívelmente, um clássico absoluto da gloriosa era oitentista do Metal.

01-Victim Of States Power
02-Black Demon
03-Preacher
04-Soldiers Of Hell
05-Diabolic Force
06-Adrian SOS
07-Genghis Khan
08-Prisoner Of Our Time
09-Walpurgis Night (bonus track)
10-Satan (bonus track)

Nenhum comentário:

Postar um comentário