02/10/10

SAVAGE GRACE (USA) - Master Of Disguise - 1985

Upload e resenha: Laaz
O Savage Grace já apresentou na sua formação 3 diferentes vocalistas, desde logo o eterno líder da banda nos mais recentes trabalhos, Chris Logue, e ainda Jon Birk no primeiro EP “The Dominatress”, e Mike Smith no álbum que analisamos aqui. E diga-se que, em minha opinião, foi o melhor que passou por esta banda norte-americana. Um excelente vocalista, que conferia um timbre muito similar a Bruce Dickinson, o mais seguido na época devido ao sucesso do Iron Maiden. Todo o álbum é brilhante, com trechos de puro Speed Metal como “Sins Of The Damned”, “Into The Fire” e o tema título, a lembrarem constantemente o mítico Agent Steel. Duelos de guitarras por todo o lado, solos de arrepiar, ritmos contagiantes, que nos põem a balançar a cabeça, mesmo inconscientemente. Isto é a prova de que é um bom disco! Um dos melhores daquele ano!

01-Lions Roar
02-Bound To Be Free
03-Fear My Way
04-Sins Of The Damned
05-Into The Fire
06-Master Of Disguise
07-Betrayer
08-Sons Of Iniquity
09-No One Left To Blame

3 comentários:

  1. Discaço esse Laaz, sem dúvida, mais um dos excelentes álbuns lançados em 1985! Que ano!!!
    Abraço, irmão!

    ResponderExcluir
  2. Isso mesmo. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Esse disco entrou na minha lista dos melhores de todos os tempos e nunca mais saiu, e serve para mostrar aos adeptos do power/speed moderno e melódico à la Helloween, como se faz um power/speed de verdade, como deve ser feito. E digo mais, Mike Smith tinha uma das vozes mais FODEROSAS dos anos 80, não devendo nada a Bruce Dickinson, Dio, Rob Halford, Neil Turbin e a Jonh Cyriis, outros foderosos do metal. Assino embaixo com relação ao ano e 1985 e vou além, o "filé mignon" dos anos 80 é o período entre 1984 e 1986. Abraço. Excelente blog.

    ResponderExcluir